Cinema Aleatório exibe filmes de autores independentes

Banner_00104_RB
Categoria
Eventos
Data
2021-10-09 16:30
Local
Centro Lúdico de Massamá

A 5.º sessão do Cinema Aleatório, um projeto cultural que se dedica ao cinema independente, irá realizar-se no dia 9 de outubro às 16h30, no Centro Lúdico de Massamá, com entrada gratuita.

“Zéfiro”, “Blooming”, “Adeus 2020”, “Sede de Vingança” e “Rapaz Pimpão” são os filmes em cartaz que serão exibidos durante esta iniciativa.

Da autoria de Pedro Soares e Raquel Rafael, “Zéfiro” é um acaso sentido. Da mitologia grega à atualidade, simultaneamente recaímos e resistimos às mãos dos Deuses. Inspirar e expirar é uma escolha ou uma obrigação? Onde mora a nossa identidade? Entre ecos e chamadas, este filme reflete a multiplicidade que é ser e estar. Da tradição à contemporaneidade, repetidos são os cânticos que notam que renascer é diário. Estagnar é mito.

“Blomming” é uma curta-metragem inspirada na natureza, de Ana Albuquerque. Explora o contraste entre um corpo em movimento e a natureza, na tentativa de fundi-los. O foco principal é a primavera, uma época do ano em que as flores começam a florescer e a mudança é visível. De certa forma, é uma metáfora da vida humana, que passa por várias mudanças, disruptivas e desafiantes. Esta curta desafia o observador a ‘florescer’, apesar das dificuldades que possam surgir.

Prestes a terminar um ano tão complicado, em “Adeus 2020”, de João Simões, a personagem principal decide despedir-se deste ano livrando-se dos principais problemas que afetam milhões de vidas - desde os (infelizmente) mais conhecidos, como a pobreza e violência, até ao mais recente, a pandemia pela COVID-19. A protagonista guarda, então, todos esses problemas num balão, soltando-o no imenso céu azul, pretendendo que os problemas se percam e nunca mais voltem.

De Pedro Cassaca serão exibidos dois filmes, “Sede de Vingança” e “Rapaz Pimpão”. Em “Sede de Vingança” um rapaz com uma infância trágica herda um artefacto com poder sobrenatural e vai numa jornada pelo mundo com o objetivo de se vingar por essa infância injusta.

Por sua vez, em “Rapaz Pimpão” é apresentado um rapaz que recorda uma memória que lhe é querida. De seguida, vai para casa arranjar-se e lembra-se de estar a beber com os amigos e ver uma rapariga a passar. Tudo fica por descobrir.

O projeto Cinema Aleatório surge da parceria entre a Associação Narrativa Aleatória e a Câmara Municipal de Sintra, para dinamização do espaço do Centro Lúdico de Massamá.

Sabe mais AQUI.

 
 

Todas as datas

  • 2021-10-09 16:30